pao01.jpeg

Fermentação natural.
Mas afinal como isso funciona?

O BÁSICO

 

O que é fermento natural?

Sourdough, ou fermento natural, é um "starter" em que a farinha e a água são fermentadas durante vários dias com a adição regular de farinha e água para permitir o crescimento de leveduras e bactérias selvagens naturalmente presentes nessa mistura. Este starter é então adicionado à massa do padeiro para iniciar o processo de levedação. A massa fermentada também quebra os amidos e o glúten e transforma os grãos ricos em nutrientes em alimentos saudáveis e de fácil digestão.

 

O que é panificação artesanal?

Maggie Glezer, autora de “Artisan Baking”, perguntou a alguns padeiros respeitados sobre sua definição de pão artesanal. Embora ela obtivesse diversas respostas, todos concordavam em um ponto: pelo menos uma parte da produção deve ser feita manualmente para que um pão seja considerado “artesanal”. Na Brød Bakery fazemos tudo à mão, exceto a primeira mixagem. Todo o processo começa na véspera da cozedura, com a preparação do fermento durante um dia. A massa fermentada natural é então misturada com a massa e deixada em repouso para uma longa fermentação. O próximo passo é escalar e dar forma aos pães. Enquanto a fermentação continua, a massa começa a crescer. Os pães estão então prontos para assar. Por fim, os pães dourados esfriam em nossas prateleiras. Cozinhar pão artesanal é um processo longo e trabalhoso que exige amplo conhecimento e atenção aos detalhes.

 

Nossos pães e sua saúde.

Às vezes, somos questionados sobre qual pão é "mais saudável" ou "mais fácil de digerir". Bem, essa é uma pergunta difícil de responder. Em primeiro lugar, cada pessoa é diferente e a digestibilidade de um determinado alimento pode variar de pessoa para pessoa. Do ponto de vista do nutricionista, "fácil de digerir" significa que é mais conveniente para o seu corpo. Desse ponto de vista, os pães brancos são mais fáceis de digerir para algumas pessoas porque o corpo não precisa quebrar longas cadeias de carboidratos complexos. No entanto, esses pães não oferecem tantos benefícios nutricionais quanto os pães integrais. Então, tudo depende. Garantimos a qualidade dos nossos produtos. Mas no final é seu corpo quem dirá o que é melhor para você!

––

CARBOIDRATOS, FIBRAS ALIMENTARES E AÇÚCARES

O que são carboidratos: combustível para a humanidade.

Os carboidratos representam a principal fonte de energia para os humanos e devem constituir de 45 a 65 por cento de nossa ingestão de energia (calórica). A glicose, um carboidrato simples, é essencial para o funcionamento do cérebro, pois é a única fonte de energia que o cérebro humano pode metabolizar.

 

O bom e o ruim: o comprimento importa.

Os carboidratos são cadeias de sacarídeos e podem ser desde carboidratos simples, como o açúcar, até carboidratos complexos de longa cadeia, como o amido. Quanto mais longa a cadeia, mais complexo é o carboidrato. Na dieta humana, um carboidrato mais complexo leva mais tempo para ser digerido e assim a pessoa se sente satisfeita por um longo período de tempo já que o açúcar no sangue não está subindo descontroladamente. Quanto mais escuro o pão, mais carboidratos complexos ele contém.

 

Fibras dietéticas: às vezes "não-digerível" significa saudável.

Carboidratos complexos são chamados de fibras alimentares. Embora não sejam digeridos, eles têm um impacto profundo na saúde: aumentam a sensação de saciedade, reduzem o nível de colesterol, mantêm o sistema digestivo funcionando bem e alimentam as bactérias amigáveis ​​em seu intestino. Recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS) sugerem um mínimo de 30 gramas de ingestão dessas fibras saudáveis por dia e a boa notícia é que nossos pães integrais são cheios delas!

 

O quadro geral: carboidratos e nosso planeta.

Nossas escolhas alimentares têm um impacto profundo não apenas em nossa saúde, mas também no meio ambiente. Mudar para uma dieta mais baseada em vegetais é o passo mais importante que você pode fazer para ajudar o meio ambiente. A produção de alimentos de origem animal consome grandes quantidades de recursos naturais, como terras agrícolas, água ou combustíveis fósseis. Os subprodutos da produção de alimentos para animais incluem alta emissão de gases de efeito estufa, lagoas de esterco tóxico, desmatamento e poluição de lençóis freáticos, rios e oceanos. Uma dieta focada em carboidratos, em vez de uma dieta baseada em proteínas, ajuda a manter nosso planeta saudável. E você também!

––

GLÚTEN

 

O que é glúten? Uma proteína que ocorre naturalmente.

O glúten é a principal proteína de armazenamento nas plantas com flores para nutrir as sementes durante o desenvolvimento e a germinação. Ele tornou-se parte da dieta humana há cerca de 10.000 anos, quando ocorreu a transição da caça e coleta para a agricultura sedentária. Como um composto natural de trigo, cevada ou centeio, o glúten dá elasticidade à massa de pão e ajuda-a a crescer e a manter a sua forma.

 

Sensibilidade ao glúten.

Freqüentemente, recebemos feedback de nossos clientes de que, embora se considerem “sensíveis ao glúten”, eles se dão bem ao comer nossos pães. Em nosso processo de fermentação, o glúten é decomposto por enzimas e tornado virtualmente inofensivo, razão pela qual muitas pessoas digerem nossos pães muito mais facilmente. 

 

Dieta sem glúten, celíaca.

Os cientistas nutricionais não recomendam uma dieta sem glúten, a menos que você seja um paciente celíaco ou tenha intolerância ao glúten. Os produtos sem glúten costumam ser alimentos altamente processados ​​e produzidos industrialmente. Eles tendem a ter um baixo valor nutricional, são ricos em açúcar, baixo teor de fibras e geralmente são caros. Em uma dieta sem glúten, você perde todos os minerais, vitaminas e fibras saudáveis ​​presentes em nossos pães e, claro, seu sabor e textura únicos.

 

––

NOSSOS INGREDIENTES

Devido à natureza de nossa padaria e dos nossos equipamentos todos os nossos produtos contêm ou estão expostos a trigo, ovos, leite, manteiga, nozes e sementes.

Pão fresco de pão